25 coisas interessantes que você não sabia

0
50

5 Engarrafamentos horríveis

Claro, isso é algo que eu não amo, mas é uma coisa interessante de saber! Mais especificamente em Bruxelas e Antuérpia, essas cidades têm os piores engarrafamentos * do mundo, de acordo com a Forbes.

Por exemplo, eles dizem que os motoristas em Bruxelas perdem cerca de 83 horas por ano no trânsito … e eu pensei que isso seria ruim nas Filipinas! (No entanto, ainda somos uma das cidades do mundo com o pior tráfego e a maioria dos nossos motoristas nunca é disciplinada e as estradas nunca são regulares nem boas.)

Agora, aparentemente, o congestionamento aqui é causado principalmente por carros da empresa, nos quais 1 em cada 5 belgas – oi, Isso é muito! Isso definitivamente parece estranho para mim, porque as empresas na Ásia não fazem isso por seus funcionários, elas só o fazem por aqueles que ocupam uma posição gerencial ou executiva muito alta. Mas parece que é mais vantajoso em termos fiscais para as empresas daqui doar carros do que pagar salários mais altos.

“…O que!? Como isso pode ser mais vantajoso em termos fiscais ??? ”

Bem, a Bélgica tem o as maiores taxas de impostos da Europa, e isso fará com que as empresas paguem menos impostos em comparação com quando dão a seus funcionários um aumento ou um bônus.

FATOS DA BÉLGICA TRIVIA: A Bélgica é o terceiro país do mundo com mais veículos por quilômetro quadrado, depois da Holanda e do Japão. Outra curiosidade: há uma ‘piada’ contínua + para toda a vida de que os belgas têm estradas piores do que a Holanda, pois quando você cruza a fronteira, você imediatamente verá e sentirá a diferença.
.
*Observação: Em termos de tráfego frequente, no entanto, Paris e Londres têm classificação superior.

6 Transporte público incrível

Isso é definitivamente benéfico não só para os belgas (quem não tem ou quer dirigir) mas para turistas também! E, novamente, isso me deixa triste e com inveja porque Manila não tem nada disso – mas tudo bem, eu sei que isso é esperado, pois é uma situação difícil de primeiro vs terceiro país do mundo.

De qualquer forma, além de seu incrível sistema ferroviário e estações (isso pode facilmente transferi-lo para qualquer país europeu), cada uma de suas três regiões tem até suas próprias redes organizadas de ônibus e bonde:

  • Região flamenga: A linha
  • Região de Bruxelas: MIVB-STIB
  • Região da Valônia: TEC

Tenho experimentado os serviços da De Lijn e fico sempre com vontade de chorar quando vejo os horários e percursos tão bem coordenados e planeados. Os ônibus também têm sistemas de pagamento de alta tecnologia (pagamento por meio de cartão eletrônico ou telefone) e pode até acomodar pessoas com deficiência (tem rampas e trechos especialmente para eles).

Sem dúvida, tudo isso me faz dizer: “Esse! É assim que uma sociedade deve funcionar!

Eu mencionei que há engarrafamentos em Antuérpia e Bruxelas, mas a coisa boa sobre De Lijn é que tem sua própria faixa de rodagem; então, caso haja congestionamento, os ônibus podem simplesmente passar sem problemas. Isso definitivamente incentiva as pessoas a usarem o transporte público!

… Mas acho que isso faz você se perguntar por que todo mundo ainda está dirigindo seu carro da empresa e parando no trânsito quando existe um sistema de transporte público fantástico. Bem, presumo que se resume à maneira como as pessoas pensam: talvez gostem de dirigir o carro porque não pagam nem o combustível nem pagam, ou talvez simplesmente amem dirigir tanto quanto adoram andar de bicicleta!

7 Autoestradas densas, gratuitas e (às vezes) bem iluminadas

DENSO: A Bélgica tem uma das maiores densidades de estradas da Europa. ‘Densidade da estrada’ é considerada a “Relação entre o comprimento da rede rodoviária total do país e a área terrestre do país”. SEm outras palavras, isso significa que a Bélgica tem MUITAS estradas interligadas entre si. Algumas das autoestradas têm até 3 faixas e estradas diferentes chamadas de estradas A, estradas B, estradas E estradas R, estradas N, estradas T e estradas secundárias N ou Rotas provinciais. Agora não vou me incomodar em explicar cada (já que é outra coisa complicada) mas imagine que eles têm MUITAS estradas.

GRÁTIS: Autoexplicativo. Acho que faz sentido que seja gratuito porque os belgas estão pagando muitos impostos ao seu governo!

WELL-LIT: As autoestradas ou rodovias belgas são consideradas as mais bem iluminadas do mundo e foram pioneiras no uso de iluminação de alto mastro para estradas. Mas, devido aos esforços recentes de economia de energia, a parte flamenga não ilumina mais a maioria de suas rodovias e isso geralmente é depois das 23h até o início da manhã. Só o deixam ligado se houver condições meteorológicas extremas, obras rodoviárias, acidentes ou engarrafamentos – o que lhes poupa 2 milhões de euros por ano, naturalmente.

Existem alguns artigos afirmando que a rodovia belga é a única estrutura feita pelo homem visível da lua à noite.

Isso não é verdade, da mesma forma que a Grande Muralha da China é não visível da lua. Vamos galera a lua esta muito longe… Eu acho que eles precisam retocar e dizer que pode ser visível de espaço, com ‘espaço’ sendo 400 km no máximo acima da Terra (a menos que eles usem alguma lente de zoom de alta tecnologia ou qualquer outra coisa).

Portanto, acho que a melhor afirmação a dizer é que as rodovias belgas são uma das estruturas feitas pelo homem mais brilhantes, visíveis do espaço à noite, a uma certa ‘altura’ e com o equipamento certo.

Fonte: iamaileen.com

Deixe uma resposta