Passagens Aéreas para Recife mais Baratas

0
64
Recife

Recife é um destino ótimo para passar as férias ou uns dias. A capital de Pernambuco vai te surpreender. Confira nossas dicas para você comprar passagens aéreas mais baratas para Recife!

Quando viajar para Recife?

Maio é o mês mais barato para você visitar Recife. São os vôos mais em conta.

De agosto a novembro é considerada baixa temporada no nordeste, o que fará você economizar na maioria dos aspectos durante sua viagem.

O que fazer em Recife?

Com lindas praias, calor, rica gastronomia, cultura e história, Recife possui muitos pontos turísticos e locais para visitar. Confira alguns dos principais:

  • Instituto Ricardo Brennand;
  • Praça do Marco Zero;
  • Casa da Cultura;
  • Centro de Artesanato de Pernambuco;
  • Museu Cais do Sertão;
  • Jardim Botânico de Recife;
  • Espaço do Frevo;
  • Parque Mirabiliandia;
  • Capela Dourada;
  • Parque das Esculturas Francisco Brennand;

Sites para comprar passagens para Recife mais baratas

Nesses sites, procure sempre filtrar e organizar os resultados por “mais baratos”. A técnica é conhecer melhor cada ferramentar e suas funções, para dessa maneira conseguir encontrar as melhores passagens!

As melhores praias de Recife

Considere visitar as seguintes praias:

  • Praia de Boa Viagem, a mais famosa e melhor praia de Recife;
  • Praia do Pina, que é continuação de Boa Viagem, com boa infraestrutura para passar o dia. 

Quantos dias ficar em Recife?

O ideal é ficar pelo menos 5 dias em Recife para ter tempo de visitar os principais pontos turísticos da cidade. Considere também passar 1 dia em Olinda!

Conheça Recife

Marco zero de Recife

Recife é uma cidade do Brasil, capital do Estado de Pernambuco, parte da mesorregião Metropolitana do Recife e da microrregião de Recife.

Com uma população de 1,56 milhões de habitantes, é a terceira maior cidade do nordeste do país. Faz parte da Região Metropolitana do Recife (Região Metropolitana do Recife, RMR ou Grande Recife), a mais populosa da região nordeste do Brasil (cerca de 3,84 milhões), a sexta do país.

Centro de Recife

Apesar de Olinda, também localizada na Região Metropolitana de Recife, ter sido a primeira capital da Capitania de Pernambuco, Recife é a capital mais antiga do Brasil. O nome deriva da palavra portuguesa arrecife, que significa falésia, com referência ao recife de coral que defende parte da costa. Localizada na costa do Oceano Atlântico, possui uma área de 218 quilômetros quadrados. Recife é um grande destino turístico, comercial e industrial. É considerada a Veneza brasileira por seus diversos rios e pontes, bem como por seus monumentos históricos.

A bandeira da cidade, estabelecida em 15 de dezembro de 1973, inclui as cores branco e azul do Estado de Pernambuco, as palavras Virtus et Fides, o leão coroado, um lembrete do domínio holandês, a cruz cristã, um lembrete do domínio português, a estrela, para lembrar a República Brasileira, estabelecida em Recife desde os levantes de 1817, o sol, para destacar o caráter e o clima ensolarado da cidade.

Praia de Recife

A história antiga do Recife está ligada a três fatores decisivos: a proximidade com a cidade de Olinda; a sua posição favorável como porto no Oceano Atlântico; o cultivo da cana-de-açúcar.

Inicialmente o que hoje é conhecido como Bairro de Recife, ou Recife Antico, era apenas um porto para a vizinha cidade colonial de Olinda, uma cidade que fica em uma colina não muito distante, lar da aristocracia portuguesa da época.

Praia de Recife

Foram os holandeses, com a Dutch West India Company, que entenderam a importância estratégica da localização do local, localizado em uma das áreas mais a leste do território brasileiro e, portanto, relativamente mais próximas da África. Em 16 de fevereiro de 1630, uma frota de 67 navios invadiu a região, facilmente tendo razão para a resistência portuguesa: este foi o início do período da ocupação holandesa de Pernambuco.

A cidade começou a desenvolver-se rapidamente em paralelo com o cultivo da cana-de-açúcar, o próprio comércio de açúcar e o comércio de escravos, agora também das colônias holandesas em África: Angola e Guiné. Naquela época, a cidade era conhecida como Mauritsstad, ou seja, a Cidade das Maurícias, pelo nome de Maurício de Nassau, governador de 1637 a 1644.

Recife a Veneza brasileira

O descontentamento da população, entretanto, cresceu e também pilotado pelos portugueses, levou a uma revolução conhecida como o Levante Pernambucano: é 1654 e o Pernambuco volta a ser uma colônia de Portugal.

Vídeos

Recife – Pernambuco

O que fazer na capital cultural do Nordeste?

O que Fazer em 24h no Recife, a Capital Mais Antiga do Brasil

Tour em Recife/Olinda: Frevo, marco zero, centro histórico

Mapa/Localização

Deixe uma resposta