nosso guia de viagens gay absoluto • Garotos nômades

0
196

Zurique. Uma cidade tão organizada, tão eficiente, tão perfeita em todos os sentidos, diz-se que funciona como um relógio.

Entram os Nomadic Boys: dois gays estúpidos e calamitosos descendo sobre a cidade, boquiabertos, e perturbando totalmente a paz. Éramos duas ervilhas-de-rosa em uma vagem!

Rapidamente tivemos que nos acostumar com o quão “operacional” Zurique era. Como nos lembrarmos de que, quando um ônibus ou trem diz que está saindo em um horário específico, significa que há na realidade saindo naquele momento (ao contrário de ser um orientação gentil como se eles estivessem em casa!).

Assim que entramos no ritmo da cidade, nos apaixonamos. Há a arquitetura clássica, as pessoas de maneiras suaves, a comida de dar água na boca e, claro, uma plenitude de chocolate.

A única desvantagem é – como é danado de caro! Em nossa primeira noite lá, nós dois ofegamos audivelmente quando abrimos nossos menus – e não era porque o lugar não servia margaritas … Fora isso, há muito para amar e jorrar. E nós explicamos tudo para você abaixo.

Aqui está o nosso melhor guia gay para Zurique:

Para a melhor estadia gay friendly em Zurique, recomendamos o Marktgasse Hotel

Nossa principal escolha de hotel para gays em Zurique

O Marktgasse Hotel é um hotel gay friendly incrível no coração de Zurique, que recomendamos que outros viajantes gays façam o check-out. Abundam os toques românticos, o restaurante no local tem uma estrela Michelin e os hóspedes podem fazer uso de um exuberante centro de bem-estar a poucos passos de distância da porta da frente.

Descubra mais

Zurique é segura para viajantes gays?

Zurique é totalmente segura para viajantes gays – assim como a maior parte da Suíça. Os suíços são um grupo muito progressista e de mente aberta, ansiosos para mostrar sua natureza hospitaleira. Eles são, no entanto, muito conservadores com um pouco c!

Por exemplo, apesar de ser um dos lugares mais inovadores da Europa, um a lei que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo ainda está com aprovação pendente por meio de um referendo – embora as relações homossexuais sejam legalmente reconhecidas desde 2007 e os eleitores suíços tenham aprovado a proibição da discriminação contra homossexuais em 2020.

Nós, pessoalmente, achamos que Zurique é muito gay friendly. Sentimo-nos confortáveis ​​andando de mãos dadas. Mesmo que alguém tivesse um problema conosco, no típico estilo suíço, eles guardaram suas opiniões para si mesmos e jogaram o neutro cartão.

Economize enquanto estiver em Zurique …

… com o Cartão da cidade de Zurique! Válido por 24 ou 72 horas, pré-comprar este cartão tornará sua viagem a Zurique uma brisa. Um preço inclui todos os transportes públicos de Zurique, entrada em muitos dos museus, descontos em lembranças ou passeios e guloseimas especiais em restaurantes. Isso torna tudo mais fácil com algumas surpresas extras ao longo do caminho!

A área gay de Zurique

Nós nos consideramos indivíduos de mente aberta e aventureiros. Mas não estávamos preparados para a cena gay de Zurique. Talvez tenha sido porque baixamos a guarda, esperando que fosse estranho, silencioso ou até mesmo moderado. Bem, não é nada disso!

É tão barulhento, explosivo, excêntrico e turbulento quanto os salões de dança de Paris, Bairro gay de Berlim ou o cena gay de Praga.

O bairro de Altstadt é considerado a “área gay” de Zurique, com muitos bares, clubes, saunas e cafés gays. É um ótimo lugar para sair fora dos horários de pico das festas também – pois é o lar de muitas lojas, galerias e teatros. Caminhando por esta parte da cidade, você verá bandeiras de arco-íris penduradas nas janelas, enquanto casais gays caminham silenciosamente de mãos dadas.

À noite, você encontrará folk andrógino desfilando pelas ruas, drag queens fumando nas portas dos bares e música alta para dançar saindo dos clubes. Parecia estar em uma cidade totalmente diferente. A melhor parte é que a maioria dos bares tem terraços ao ar livre e cervejarias ao ar livre, o que significa que é perfeito para tomar um drink e espionar os caras gostosos que passam…

A área de Aldstadt é o principal bairro gay de Zurique, com muitos bares e clubes gays
Fazendo amizades e se divertindo nos bares gays de Zurique!

Hotéis gays em Zurique

Não há nenhum hotel específico com temática gay em Zurique, mas se você fizer uma reserva em um lugar próximo à Cidade Velha, provavelmente encontrará muitos clientes visivelmente LGBTQ hospedados lá. Zurique é uma cidade cara, mas pelo que você ganha, o preço vale totalmente a pena. Cada lugar em que ficamos era divino, tinha um serviço de primeira linha e uma localização imbatível. Estes são os melhores hotéis gay friendly em Zurique:

01

Marktgasse Hotel Zurique

Marktgasse Hotel é um dos melhores hotéis gay friendly e luxuosos em Zurique

Em poucas palavras


  • Muito gay friendly
  • Localização central
  • Restaurante fabuloso e sofisticado
  • Quartos bem iluminados e espaçosos

Enquanto caminhávamos pelas ruas sinuosas da Cidade Velha, carregando nossas malas pesadas e mochilas, nossa primeira visão do Hotel Marktgasse nos pegou de surpresa, principalmente por causa de como o prédio era simples e modesto.

Mas achamos que é apenas a maneira suíça de fazer as coisas. Para ser super fabuloso e incrível, mas nunca imponente!

Existem várias opções de quartos disponíveis – certifique-se de verificar um de seus grandes quartos duplos, que tem muito espaço e uma TV de tela plana. Nos quartos dos andares superiores, os hóspedes podem ter uma vista fantástica sobre as movimentadas ruas abaixo. Nossa primeira escolha deve ser a suíte Marktgasse com terraço – é super espaçosa e romântica para uma escapadela de amantes.

O local Igniv o restaurante está além de elaborado – com drapings azuis royal, serviço de primeira linha e pratos extravagantes. Isso vai fazer você se sentir uma verdadeira rainha! Com 15 pontos Gault-Millau e 1 estrela Michelin, pode apostar que a comida é requintada. No bar, eles têm uma extensa carta de vinhos e ótimas opções de coquetéis. Tem uma vibração dos velhos tempos, fazendo você se sentir como se estivesse estrelando uma romcom de Hollywood dos anos 1940.

Se você estiver viajando a negócios, pode utilizar a biblioteca e o lounge para qualquer trabalho que precisar, ou até mesmo reservar o espaço para um evento / reunião particular. Nós particularmente amamos as estantes vermelhas cheias de livros para colocar você no clima para terminar as coisas. Há também o centro de fitness e bem-estar a uma curta caminhada, onde os hóspedes podem relaxar na sauna, banho termal ou banho de vapor aromático. Não há melhor maneira de se sentir revitalizado!

Preços no Marktgasse Hotel começam a partir de $ 250 por noite:


FIQUE COM UM LOCAL GAY

Misterb & b é o equivalente do Airbnb para a comunidade LGBTQ. Ao contrário do Airbnb, você sabe que seu anfitrião é gay, evitando surpresas desagradáveis ​​ao fazer o check-in. Também é uma ótima maneira de conhecer gays locais e descobrir a cena gay underground. Clique abaixo para obter 10 € (ou $ 10) de desconto em nossa primeira reserva.

02

25 horas Hotel Langstrasse Zurique

O 25hours Hotel Lanstrasse é um hotel peculiar e gay friendly em Zurique

Em poucas palavras


  • Decoração descolada e exagerada
  • Sauna relaxante
  • Excelente localização para visitar a cena gay
  • Alugue uma bicicleta ou carro

fomos tremeu que o 25 Hours Langstrasse não é um hotel exclusivamente gay. Um lugar que tem iluminação neon, cortinas nas cores do arco-íris nos quartos e um fabuloso bar de coquetéis parece muito estranho.

Poucos minutos depois de entrar no saguão, vimos homens em ternos executivos e meninas em saltos vermelhos e meias arrastão. Seby estava convencido de que havíamos entrado no castelo vindo do Rocky Horror!

Devido à sua proximidade com locais como Barômetro e Alte Kaserne, toneladas de clientela gay ficam aqui – então, quando você pensa sobre isso, basicamente é uma espécie de hotel gay não oficial!

Os quartos são decorados em estilo kitsch. Pense em cores fortes, espelhos com luzes pontilhadas nas bordas, frigobar e chuveiro com efeito de chuva. Para relaxar, eles têm uma sauna popular. Todos com quem falamos, incluindo o pessoal, foram amáveis ​​e acolhedores, fazendo-nos sentir em casa.

Para explorar a cidade, o 25 Horas torna tudo muito fácil. Eles oferecem um serviço onde você pode alugar um carro ou uma bicicleta e têm mapas que fornecem os melhores caminhos para se aventurar. Pergunte na recepção quando chegar como você pode se inscrever para usar este serviço.

O hotel ainda possui seu próprio estúdio de arte, onde a cada ano um artista diferente assume e exibe suas obras mais premiadas. É uma galeria fantástica para passar alguns momentos absorvendo as fantásticas obras de arte.

Preços no 25hours Hotel Zurich Langstrasse começam a partir de $ 200 por noite:


03

CitizenM Zurich

Para simplicidade e conforto, você não pode ir além do hotel CitizenM Zurich

Em poucas palavras


  • Sem contato por meio do aplicativo
  • Cantina 24/7
  • Sala de estar aconchegante
  • Cercado por excelentes restaurantes

Um homem sábio disse uma vez: “Simplicidade é a chave para desfrutar de uma boa vida”…(Pssst, aquele homem sábio fui eu!)

Mas, na verdade, no CitizenM, tudo se resume a tornar a estadia dos hóspedes o mais tranquila possível. Na verdade, eles valorizam tanto a simplicidade que o hotel tem até seu próprio app! Você pode usá-lo para fazer check-in e check-out, ajustar a temperatura ambiente e até obter recomendações sobre os melhores lugares para comer ou beber nas proximidades. Os suíços estão realmente no topo de seu jogo de inovação, não estão?

Todos os quartos possuem TV widescreen com filmes gratuitos – para que você possa planejar uma noite sofisticada aconchegada na cama com um ente querido. Fora isso, cada quarto é simples em sua decoração, com ênfase em fornecer apenas as comodidades mais essenciais. No entanto, você não ficará muito preso a sugestões – já que verá claramente muitos restaurantes e bares nas redondezas. E, se isso não acontecer, você estará bem ao lado de uma das principais estações de trem de Zurique para explorar mais lugares.

Outro destaque é a cantina / cozinha 24 horas por dia, 7 dias por semana, onde os funcionários estão sempre dispostos a servir deliciosas comidas, quentes ou frias. É muito útil quando você chega depois de uma festa tarde da noite. E se você fica perplexo com todas as viagens, o lounge é muito convidativo e aconchegante. Está repleto de livros para mergulhar e arte de vanguarda para interpretar.

Preços no CitizenM Zurich começam a partir de $ 123 por noite:


04

Zurique Pernoite Gay B&B

Se você deseja uma estadia totalmente gay em uma casa local, nós amamos o bed and breakfast gay Zurich Overnight

Em poucas palavras


  • Anfitriões gays incríveis e animados
  • Política de roupas opcionais
  • Delicioso café da manhã
  • Piscina para curtir no verão

Podemos estar nos aventurando fora da cidade principal por causa deste hotel, mas é por um bom motivo. O Overnight Gay B&B está localizado em Kilchberg, o bairro mais próximo do centro da cidade, a cerca de 12 minutos do centro da cidade.

Existem muitas opções de transporte, então você não vai se sentir muito longe da vida noturna gay de Zurique. Na verdade, significa que você obtém o melhor dos dois mundos. Você está perto do espírito energético de Zurique, mas tem um santuário tranquilo para ir ao pegá-los zzzzs.

Todas as manhãs, você desfrutará de um café da manhã preparado na hora para se preparar para o dia. E se você quiser, existe a opção de reservar um jantar romântico à luz de velas para dois. Se você quiser fazer uma pausa para passear, o B & B tem uma piscina para descansar. Toda a casa tem uma política de roupas opcionais para que muitos hóspedes desfrutem de um mergulho nas águas au naturel.

Os anfitriões do Cama e Café são um casal gay muito doce, que não é apenas talentoso em receber hóspedes, mas pode oferecer uma massagem matadora! Sério, eles são massagistas licenciados. Isso realmente está lhe rendendo um estrondo!

Preços no Zurich Overnight Gay B&B começam a partir de $ 66 por noite:


Bares gays em Zurique

Bares gays em Zurique são abundantes. Cada um com sua própria energia, vibração, estilo e excentricidade. Esteja você com vontade de uma bebida tranquila, um boogie ou uma performance de drag, há algo por aí na cena de Zurique.

A única desvantagem é que os bares fecham cedo na cidade – alguns até antes da meia-noite. A maioria das pessoas apenas os usa como um local para antes do jogo antes de ir para um local maior. Independentemente disso, nos divertimos muito verificando o que Zurique tem a oferecer. Aqui estão os melhores bares gays de Zurique:

Barra de Cranberry

Cranberry é um dos melhores e mais populares bares gays de Zurique

Este era nosso bar gay favorito em Zurique – principalmente devido aos seus coquetéis de frutas, localização central e noites temáticas excêntricas. Quando fomos, eles estavam organizando uma noite nos Bálcãs – todos os outros chegaram vestidos com suas melhores roupas inspiradas nos Bálcãs e dançaram a noite toda. Não recebemos o memorando, então chegamos com nossas regatas exclusivas, mas ei, vivemos para nos destacar. Outros eventos que organizaram incluem noites de karaokê e festas para assistir a ‘RuPaul’s Drag Race’.

Abrir: Cranberry está aberto diariamente das 16h (das 15h no fim de semana) até as 20h (21h às sextas e sábados)

Localização: Você pode encontrar o Cranberry Bar na Metzgergasse 3


Predigerhof Bistro

Predigerhof Bistro é uma deliciosa mistura de bar gay e restaurante em Zurique

O Predigerhof Bistro fica perto do centro histórico de Zurique. De dia, é um café pitoresco onde você pode desfrutar de um chá quente (do tipo que se bebe), ver o mundo passar e escutar as fofocas suculentas de outros comensais (o outro tipo de chá quente). À noite fica um pouco mais zanier, com drinks e dance music. Infelizmente, ele fecha bem cedo, então a maioria das pessoas apenas fica lá como um aquecimento para a noite fora. Lotti, a anfitriã e sanduicheira do bistrô, nos recebeu de braços abertos. Ela é conhecida como a mãe da cena gay de Zurique e tem muitos conhecimentos históricos queer.

Abrir: O Predigerhof Bistro está aberto diariamente das 14h às 23h

Localização: Ele está localizado na Mühlegasse 15


Platzhirsch Hotel Bar

O bar do Platzhirsch Hotel é um fabuloso bar gay em Zurique

Situado na praça Hirschenplatz, o Platzhirsch Bar é perfeito para quem procura uma noite tranquila. Claro, é um ótimo lugar para começar seu pré-jogo (está convenientemente localizado perto do popular clube gay Heaven). O ambiente descontraído, a música suave e a decoração despojada atendem àqueles que tiveram um longo dia e simplesmente querem um bom coquetel antes de ir para o feno. O bar tem um enorme menu de vinhos e coquetéis, além de algumas opções de lanches.

Abrir: O Platzhirsch Bar está aberto de quinta a domingo, das 14h às 23h

Localização: Ele está localizado na Spitalgasse 3


Heldenbar

Heldenbar é uma festa gay divertida que acontece uma vez por semana em Zurique

Heldenbar é uma festa gay que acontece no Bar Provitreff todas as quartas-feiras à noite. É um dos eventos gays mais antigos de Zurique. Pode ser realizado em um espaço menor, mas compensa em personalidade com todos os punks suíços, gays ou heterossexuais, saindo e indo à loucura. Eles até faziam ocasionais shows de drag para celebrar verdadeiramente a fantasia queer. Afinal, estamos no meio da semana, ainda faltam dois dias até o fim de semana, então as pessoas naturalmente querem apertar alguma festa atrevida no meio da semana.

Abrir: Heldenbar é realizada todas as quartas-feiras, das 20h às 3h

Localização: É realizado no Provitreff Bar que está localizado na Sihlquai 240


Barômetro

Barometer é um bar peculiar e gay friendly em Zurique, com ótimas raspadinhas

Um achado peculiar – Barometer é um ponto de encontro gay-friendly com um grande menu de bebidas. Os amantes de cerveja e vinho serão bem servidos, embora nós pessoalmente recomendemos a lama de assinatura do bar – uma explosão de sabor frutado e gelado. Nos divertimos com o design excêntrico, desde a exibição de bússolas nas paredes de tijolos à iluminação em tons sépia. O bar também tem um terraço ao ar livre, para que você possa desfrutar da sua bebida na brisa fresca da noite e ver o mundo passar.

Abrir: O Barômetro está aberto de sexta a domingo, das 19h às 23h

Localização: Ele está localizado na Brauerstrasse 48


Daniel H. Bar

Daniel H. Bar é um local gay friendly com músicas e bebidas descoladas, além de comida deliciosa

Bar gay-friendly com um toque rústico, o Daniel H. é um local fabuloso para encontrar um grupo de amigos ou colegas. Eles servem comida, então você pode matar dois coelhos com uma cajadada só e jantar antes de ir para um local maior. Um DJ diferente toca lá todas as noites, então o clima muda constantemente. As multidões geralmente tendem a ficar no lado mais calmo e descontraído, então se você está procurando uma noite tranquila, você tem uma bem aqui.

Abrir: Daniel H. Bar está aberto de terça a quinta-feira das 17h às 23h (até às 2h nos fins de semana)

Localização: Ele está localizado na Müllerstrasse 51


Infinity Bar & Lounge

O Infinity Bar and Lounge é um bar gay elegante e esportivo em Zurique que nós amamos

O Infinity tem uma vibração muito esportiva. Quando entramos, notamos dois caras jogando em uma mesa de pebolim, enquanto alguns outros jogavam dardos. Achamos que tínhamos entrado no lugar errado, mas acredite em nós, é um bar gay! A música é tão fabulosa quanto você gostaria. As bebidas são igualmente frutadas. E as pessoas têm a mente super aberta. Todas as sextas e sábados, eles têm uma noite de temática latina com música salsa. E às sextas-feiras, eles oferecem ingressos grátis para o céu. Noite fora: Ordenado!

Abrir: O Infinity está aberto diariamente das 14h às 20h

Localização: Ele pode ser encontrado na Zähringerstrasse 11.


Petra’s Tip Top Bar

Petra é a rainha de Zurique drag Queens e você pode encontrá-la no incrível Petra's Tip Top Bar

Você não viveu de verdade até ver o show icônico de Petra. Ela é a Rainha das Rainhas. A resposta da Suíça ao RuPaul. E ela Barra Superior da Dica estava no ponta superior da nossa lista de visitas obrigatórias. Este é o lugar para dançar e rir de todos os seus problemas. Petra faz de tudo para garantir que cada vez que suba ao palco seja única e memorável. Quando ela não está fazendo algumas acrobacias ultrajantes para manter o público entretido, muitas vezes há um DJ tocando música pop exagerada.

Abrir: O Tip Top Bar está aberto de terça a sábado, das 18h30 à 01h00.

Localização: Você pode encontrá-lo em Seilergraben 13


Clubes gays em Zurique

Assim que todos os bares começam a fechar, a multidão migra para os clubes. Felizmente para o pessoal LGBTQ, eles não têm poucas opções, já que Zurique tem tantos pontos de encontro gays ou noites de eventos estranhos espalhados pela cidade. Escolhemos alguns de nossos clubes gays favoritos em Zurique bem aqui:

Paraíso

Heaven é o clube gay mais popular de Zurique, aberto apenas nas noites de sábado!

Assim que você conhecer a cena gay em Zurique, você saberá sobre o paraíso. É, sem dúvida, o clube gay mais popular da cidade, com a maioria das saídas LGBTQ tipicamente culminando em uma visita ao paraíso. Espere ver performances de drag eletrizantes, dançarinas go-go sexy de morrer e um público diversificado e refrescante. Seus ouvidos ficarão latejando por dias com as batidas musicais intensas no clube – espere ouvir de tudo, desde pop clássico até grunge alternativo e batidas dos Bálcãs.

Abrir: O céu está aberto aos sábados das 23h às 5h

Localização: Ele está localizado na Spitalgasse 5


Alte Kaserne Zurique

Alte Kaserne Zurique é um clube gay que organiza uma grande variedade de eventos diferentes

Alte Kaserne é um clube gay extremamente popular. Atribuímos isso à sua total imprevisibilidade, já que eles estão sempre lançando algum evento temático louco. Se todos os clubes gays em Zurique fizessem parte do grupo de amigos, Alte Kaserne seria o amigo que constantemente tingia seus cabelos de cores descoladas. No passado, eles deram festas de swing eletrônico, noites techno, um evento de tributo a Bob Marley e celebrações do retrocesso dos anos 90/2000. E isso é apenas a ponta do iceberg. Você realmente precisa experimentar para acreditar.

Abrir: Alte Kaserne dá festas nas noites de sexta ou sábado, geralmente das 22h às 23h, que podem durar de 8 a 10 horas! Verifique sua página no Facebook para ver os detalhes do próximo evento

Localização: Ele está localizado na Kanonengasse 16


King Kong

King Kong é uma festa gay mensal em Zurique que vale a pena cronometrar a sua visita para experimentar

Pode acontecer apenas uma vez por mês, mas, nossa, eles fazem valer a pena! King Kong faz jus ao seu homônimo por ser barulhento, massivo e totalmente imprevisível. Recebe qualquer pessoa com uma mente aberta e um gosto pela vida, de modo que foi o suficiente para nos colocar na porta. Está espalhado por dois andares, cada um com vibrações polarizadas. O primeiro é onde todos os sucessos gays clássicos são tocados – você tem sua Britney, sua Gaga, sua Ariana. O segundo andar é mais voltado para o público de EDM / techno.

Abrir: As festas de King Kong acontecem uma vez por mês, aos sábados, a partir das 22h, mas verifique a página do Facebook para obter os detalhes mais recentes

Localização: Acontece no Dínamo, que fica na Wasserwerkstrasse 21


Behave Party

Festas de comportamento são uma parte épica da cena gay de Zurique

Pode se chamar de ‘Comporte-se’ – mas esses foliões são tudo, menos bonzinhos ‘. Esse evento só acontece uma vez a cada poucos meses, mas quando acontece, é o assunto de toda a cena LGBTQ. Dentro do clube Büxe de Frida, você encontrará uma enorme pista de dança, uma bola de discoteca gigante e uma multidão agitada morrendo de vontade de aproveitar ao máximo a noite. Mesmo quando o comportamento não está acontecendo, o büxe de Frida ainda é um clube gay-friendly, então vale a pena fazer uma visita de qualquer maneira. Fique de olho na página do Facebook para ver quando é a próxima festa do Behave.

Abrir: O horário de funcionamento será especificado assim que os detalhes para o próximo evento surgirem, então fique de olho na página do Facebook

Localização: Behave Parties são realizadas em Frida’s Büxe na Friedaustrasse 23


Boyahkasha

Boyahkasha é uma festa épica de dança gay que acontece esporadicamente em Zurique

Boyahkasha acontece no Plaza Club – uma discoteca gigante espalhada por duas pistas de dança. Dançamos a noite toda ao som de batidas eletrônicas pulsantes sob luzes de discoteca piscantes, enquanto apreciamos as excentricidades de nossos colegas clientes. É o tipo de lugar que não importa quem você seja ou sua aparência, Boyahkasha vai celebrar você. No passado, eles tiveram alguns convidados famosos se apresentando, principalmente rainhas da Drag Race de RuPaul, como Aja. Além disso, a icônica Conchita Wurst do Eurovision apareceu para uma visita e cantou.

Abrir: O horário de funcionamento será especificado assim que os detalhes para o próximo evento surgirem, então fique de olho na página do Facebook

Localização: Boyahkasha pode ser encontrado no Plaza Club na Badenerstrasse 109


Anjos

Angels é o maior organizador de eventos gays na Suíça, com festas épicas realizadas em Zurique uma vez por mês

Angels é o maior organizador de eventos gays da Suíça. Seus eventos mensais em Zurique são marcados nos calendários de qualquer pessoa queer na cidade suíça. Fomos informados de como esses eventos foram lendários, mas ainda assim ficamos maravilhados com a forma como as coisas ficaram selvagens quando partimos. Drag queens fazendo todos os tipos de acrobacias de cair o queixo, imagens sensuais exibidas em telas gigantes e dançarinas gostosas sem camisa. Ficamos corando a noite toda! Ao longo do ano, eles jogam de tudo, desde Festas Negras para Festas de fantasias e até mesmo Clubes Kink. Quase tudo é válido em Angels!

Abrir: Confira sua página no Facebook para o próximo evento

Localização: Os anjos podem ser encontrados na Limmatstrasse 118


Saunas gays em Zurique

Resistindo fortemente à cultura dos aplicativos de sexo, as saunas gays de Zurique são tão obscenas e frívolas quanto se poderia esperar! Se você tem a imagem anterior do suíço sendo correto e tenso, então vamos apenas dizer que sua mente está prestes a explodir! As saunas gays de Zurique são abertas e gratuitas onde os caras vão para relaxar, fazer sexo ou simplesmente encontrar os amigos. Aqui estão algumas das melhores saunas gays em Zurique para conferir:

Bigode

Esta é, sem dúvida, a sauna mais movimentada de Zurique. As toalhas são oferecidas no momento da entrada. Dentro inclui saunas finlandesas, salas de vapor, chuveiros abertos, salas de vídeo e labirinto / salas escuras obrigatórias. Eles ainda têm um canto de higiene onde você pode se reabastecer com gel de cabelo ou hidratante!

O bigode pode ser encontrado na Engelstrasse 4, 8004. Funciona diariamente.

Paragonya

Paragonya é um oásis de homossexuais em Zurique. É um ponto de encontro popular onde os homens podem explorar sua sexualidade e desfrutar da companhia de outros gays. Possui cabines privativas aconchegantes, bem como uma relaxante banheira de hidromassagem e sauna a vapor. O bar tem mais de 40 drinks em seu cardápio, além de deliciosos sanduíches, sopas e doces.

Paragonya pode ser encontrada em Mühlegasse 11, 8001. Funciona diariamente até às 22h.

Sauna Mylord

Pode não ser grande, mas compensa em espírito. Sauna Mylord é um espaço íntimo e minúsculo onde homens de todas as cores, credos ou orientações podem ir para desfrutar da companhia uns dos outros. Discrição é o fator-chave aqui, já que alguns homens são casados ​​e procuram apenas explorar sua sexualidade em particular. A sauna e os chuveiros são onde a maior parte da ação acontece. Porém, se você apenas quiser ficar sozinho, pode ir ao lounge bar. É aqui que os caras podem relaxar, desfrutar de uma bebida ou assistir um pouco de TV.

A Sauna Mylord pode ser encontrada na Seebahnstrasse 139, 8003. Funciona de segunda a sábado e fecha às 18h.

Mustache Sauna and Bar é apenas uma das saunas gays de Zurique
Bigode é uma sauna e um bar, então você pode tomar uma bebida atrevida antes de começar a “suar”!

Eventos gays em Zurique

Se você está pensando em voar para Zurique, deve considerar verificar os eventos gays em toda a cidade que são planejados a cada ano e agendar sua visita para perto dessa data. Visitar durante um período movimentado na agenda social pode ajudar a preencher seu itinerário – especialmente quando você está sem saber o que fazer. Alguns dos eventos gays que listamos abaixo são o que tornou Zurique tão atraente para nós em primeiro lugar, então definitivamente vale a pena conferir!

Arosa Gay Ski Week (Janeiro)

Quem precisa do blues de janeiro quando você pode passar o tempo na cênica cordilheira do leste da Suíça? Durante o dia, você pode mergulhar na paisagem de um branco ofuscante e esquiar. Você não precisa ser um esquiador profissional ou ter treinamento prévio, pois haverá aulas para iniciantes. À noite, aconchegue-se nas acomodações aconchegantes, relaxe em uma sauna luxuosa e desfrute de um ótimo entretenimento com todos os outros hóspedes gays. Para chegar lá de Zurique, pegue o trem intercidades para CHUR e faça a conexão com a ferrovia Rhaetian que o levará a Arosa. Esses trens vêm de hora em hora para que você possa planejar facilmente seu caminho até lá.

Pink Apple Gay Film Festival (Abril)

Devemos confessar que somos os cinéfilos ávidos! Estamos cheios de curiosidades inúteis e curiosidades que fazem nossos amigos revirar os olhos quando contamos a eles sobre isso. É por isso que gostamos de festivais de cinema da cidade, como o de Zurique Pink Apple Gay Film Festival. A cada primavera, este festival apresenta mais de uma centena de filmes temáticos LGBTQ. No cinema convencional, a representação queer é baixa, então dedicar um festival inteiro ao cinema gay é extremamente importante. Espere encontrar dramas, romcoms, documentários, curtas-metragens, bem como painéis / perguntas e respostas com cineastas e atores.

Orgulho de Zurique (Junho)

O Orgulho de Zurique acontece todo mês de junho, ocupando a cidade inteira por um fim de semana inteiro. Também é conhecido como Christopher Street Day para significar os motins de Stonewall que deram início ao movimento pelos direitos dos homossexuais nos Estados Unidos. Mergulhando as ruas em arco-íris, confete e purpurina, o Sechseläutenplat é a lugar para se estar. Existem muitos eventos em toda a cidade para mantê-lo ocupado, de exibições de filmes a workshops, demonstrações pacíficas e noites em clubes. Confira a página deles no Facebook para ver o que eles planejaram para o próximo ano.

Desfile de rua (Agosto)

A parada de rua de Zurique não é um evento exclusivamente gay, mas é super popular entre o público LGBTQ principalmente devido à sua celebração da música eletrônica e dance, que nós, gays mordaça sobre! Acontece todo mês de agosto e atraiu no passado mais de 1 milhão de pessoas de todo o mundo. O evento envolve 30 Love Trucks circulando pelas ruas de Zurique com música eletrônica / techno em alto volume. Palcos aparecem em toda a cidade, onde DJs e estrelas de renome internacional se apresentam para uma multidão de amantes da festa. Agora ISSO é o que chamamos de festa!

Onde comer em Zurique

Quando você pensa em Zurique, imediatamente pensa em queijo, fondue e chocolate. E embora todas essas três coisas sejam amplamente incluídas nos menus dos restaurantes, há muito mais na culinária suíça do que você poderia imaginar – pelo menos foi isso que descobrimos. Fomos ousados ​​em nossa experiência gastronômica, prontos para aceitar novos pratos dos quais nunca tínhamos ouvido falar. E havia muitos deles. Aqui estão alguns dos nossos restaurantes favoritos em Zurique.

Igniv Zurich por Andreas Caminada

O restaurante IGNIV no Marktgasse Hotel de Zurique é um local incrível para jantar

Régio. Opulento. Decadente. Essas foram as palavras que passaram por nossas cabeças quando entramos em Igniv. Localizado no Marktgasse Hotel Zurich, Igniv orgulhosamente se declara como “o lugar certo para tomar champanhe”, o que foi mais do que suficiente para despertar nosso interesse! Igniv é um restaurante feito sob medida para casais, com seus drapeados em azul royal que definem o ambiente romântico e um cardápio repleto de opções de compartilhamento. Os garçons são especialistas em recomendar qual comida combina melhor com qual vinho – nós realmente sentimos como se estivéssemos em mãos profissionais aqui.


Restaurante Nihao

O Restaurante Nihao é um dos melhores lugares em Zurique para deliciosos sushis e outros pratos asiáticos

Você deve estar se perguntando por que optamos por incluir um restaurante asiático em nosso guia de Zurique. E ainda assim, o Restaurante Nihao merece! A equipe foi além de adorável, a comida foi servida prontamente e tinha um sabor incrível, enquanto o clima era muito descontraído e casual. É um ótimo lugar para ir para as famílias, com muitas opções de sushi a pratos chineses. A sobremesa foi o destaque para nós – há uma grande fonte de chocolate com frutas frescas para mergulhar e vários sabores de sorvete diferentes!


La Fonte

La Fonte é um incrível restaurante italiano em Zurique com deliciosas pizzas e massas

We came upon this restaurant completely by chance after a day of shopping. As we entered, we thought we’d been transported into the Netflix show, The Queen’s Gambit as the floor was decorated with sparkling black-and-white tiles, exactly like a chessboard. Owners Giovanni and Rosa were on the floor to welcome us in and make us feel like part of the family. The menu is full of traditional Italian items – with delicious pastas and pizzas on offer. To say we left stuffed is an understatement. You might want to book yourself in for an intense gym session the day after you visit this place…


What to do in Zurich

Sure, Zurich may work like a clock but that doesn’t mean you have to! It can be just as free-spirited and spontaneous as Berlin or Los Angeles. We planned out our itinerary before jetting off. And yet, as always, we allowed ourselves to get swept away by the magic of a new city. Here are some of our favorite things to do in Zurich:

Lake Zurich

Lake Zurich is a fabulous spot for swimming or cycling right by the city

Lake Zurich is one of the busiest spots in the city. People rush there every time there is the tiniest bit of sunlight – as it’s a sublime bathing spot. For one, the water feels amazing (yep that’s right, a city lake you can swim in without needing a tetanus shot!). It’s also surrounded by incredible views. Particularly, the iconic Rapperswil Castle, where you can spot deer frolicking around the grounds. If you’re going for a dip though, it’s advised to bring colorful swimming gear so cruise ships can spot you… If you join a Zurich bike tour like this one you’ll even get to cycle around the lake.


Explore the Old Town

Zurich's Old Town is beautiful and worth discovering on a walking tour with a local guide

From the luxurious boutiques of the Rennweg High Street to the Gothic-like Augustinergasse, the Old Town district deserves a full-days’ worth of attention during your trip to Zurich. Seby always hates me for this – but I joined us up on a walking tour of the Old Town. It’s the best way to see everything, learn about the city’s ancient history, and get some insight into how Zurich came to be the way it is today. Plus, you’ll get some good recommendations for unique local eating spots by your tour guide.


Swiss National Museum

The Swiss National Museum is a must-see while visiting Zurich

There are over 150 museums and galleries in Zurich – and while we couldn’t cover them all, the Swiss National Museum was one of our absolute favourites. The exhibition brings its visitors from the medieval days of Europe all the way to present today. We came across manmade objects that date back to 5,000 BC – and we thought we were old! Art lovers will geek out over the gallery exhibitions, with its wide display of gothic paintings and wooden sculptures.


Trek up to Uetliberg Mountain

Uetliberg is the closest mountain to Zurich, which you can hike from the city!

We love any city that has a mountain range close by. We spent a long day making our way up Uetliberg Mountain from Zurich, breathing in the crisp, Swiss air and marvelling at the natural wonder. When we reached the top, we took in epic panoramic views of Zurich. 100% worth the hike up! To get there, you can fetch a train from the inner-city, which disembarks to the mountain every 20-25 minutes. A few of the hiking trails up to the top can be a bit tricky – especially after bad weather. Bring shoes that have a good strong grip and plenty of water!


Swiss Finance Museum

The Swiss Finance Museum in Zurich is actually really interesting and quite fun!

Ok, we know what you might be thinking: “Guys? A museum about finance? Maths?!” The stereotype that gay people and math don’t mix springs to mind. But Zurich is known for its banking, so we decided to give it a go. O Swiss Finance Museum walks its visitor through the financial system of Switzerland in a way that isn’t intimidating or full of money-jargon. In fact, dare we say, the exhibitions were so cool and innovative to look at that it made finance seem, quase, cool… Don’t cancel us for saying so!


Day trip to Liechtenstein

Liechtenstein is so close to Zurich you can visit it on a day trip!

One of the more overlooked countries of Europe, Liechtenstein is definitely not to be missed! After all, it’s just a few hours’ bus ride from Zurich into Liechtenstein’s capital, Vaduz. Top things to do include visiting vineyards and enjoying some wine tasting. Poke your head in the door of a café and try some of the classic coffee. Or simply stroll around Vaduz Old Town, that looks as if it fell straight from the pages of a fairy-tale book! If you’re strapped for time join a tour that visits Liechtenstein and Switzerland’s “Heidiland”.


Before You Go

We’ve put together some handy hints and tips to help you plan your own trip to Zurich. Read on to find out everything the gay traveller should know before they go.

How to get there: You can fly directly into Zurich’s international airport from many destinations both in and outside of Europe. If you’re already in Europe it’s also possible to reach Zurich by train or car. It’s only about a 12-minute train journey from the airport into central Zurich, although the trains run less frequently later in the evening. We like to pre-book a private transfer if we know we’ll be arriving late at night, so we don’t have to worry about public transport while juggling our luggage and possible jet-lag!


Visa requirements: Visitors from around 90 different countries can visit Switzerland visa-free as a tourist, including residents of the United States, United Kingdom, Australia, Canada and New Zealand. Passport holders from other Schengen Area countries only need a valid ID card. Make sure you double-check your personal visa requirements before heading to Zurich though!


Getting around: Zurich is famous for its efficient, clean and reliable public transport, so you can easily get around, especially if you have pre-booked the Zurich card we mentioned earlier. The network includes trams, trains, buses, cable-cars and boats, which can seem a bit daunting but at least with the card you don’t need to figure out each part, just enjoy!


Power Plugs: Switzerland and Liechtenstein both use a power plug type not found anywhere else so you will definitely need to bring a travel adaptor with you to Zurich so you can use any electronic devices!


Travel insurance: Even though Zurich and the rest of Switzerland is a very safe destination, sometimes things go wrong while traveling – from catching an illness to losing your luggage or missing a flight. But if you ensure you have adequate travel insurance you’ll be protected and can travel without worry. We have been using World Nomads Travel Insurance for years and wouldn’t hesitate to recommend them to others. Their cover is comprehensive and affordable, plus it’s easy to make a claim online if you need to.


Vaccinations: Travelers to Zurich should ensure they are up-to-date with routine vaccinations for things like measles, mumps and chickenpox. It’s also recommended that you be vaccinated against hepatitis A and B but make sure you check the CDC website and speak to your doctor before making travel plans.


Currency: Switzerland is not part of the European Union so the currency used in Zurich (and the rest of the country) is the Swiss Franc. The code is CHF and the symbol when it’s written is Fr. or fr. Just to be more confusing, if you’re talking about the subunit (the cent part) it’s called rappen in German, centime in French and centesimo in Italian. Some places may accept euros but it’s better to ensure you have local currency on you. Currently $1 converts to around 90 rappen, £1 is worth about 1.28 fr. and €1 converts to about 1.10 fr.


Tipping culture: Generally in Switzerland tipping is not expected and a service charge is usually included on the bill for restaurants etc. The wages are also high so you don’t need to tip at all unless you really want to reward some wonderful service. The only exception is perhaps for hotel staff in Zurich, where you may like to give 1 or 2 Fr. to the porter or housekeeping each day.


Internet access: Free WiFi hotspots are available throughout Switzerland, plus any hotels, restaurants, bars and even train stations in Zurich do the same. If, however, you want to ensure reliable and private online access, especially for work, you can pre-order a portable WiFi device to pick up on arrival at the airport. We particularly like to use this option as you can usually connect multiple devices at the same time.


Accommodation: We love using Booking.com to find the best places to stay in Zurich as they have all the best choices as well as the lowest prices. Many of the listings also offer free cancellation, which is perfect if you like to be spontaneous with your travels, like we do! Booking.com also have excellent online customer support that’s available 24/7.


Sightseeing and adventure: For more fun things to see and do in Zurich you can’t go past GetYourGuide. They provide many exciting tours and activities plus it’s really easy to book online. Their online customer support is also available 24/7 and they are really helpful.


When to visit: Summer in Zurich is between June and August, when the temperatures are lovely enough to go swimming in the lake. This is also peak season though, so expect prices to be higher and the city to be busier. The winter off-season is also not really an off-season as Zurich’s proximity to great ski resorts makes it popular with snow bunnies. The lowest prices are generally in spring and fall, where you can also enjoy spring blossoms or the colorful leaves of fall.


Gay Map of Zurich

Here’s our gay map of Zurich to show you all the gay spots we’ve mentioned in this article. Use it to find out where all the best gay friendly hotels, bars and activities are for your own visit.

Use our gay map of Zurich to help plan your own fabulous trip

This is our gay guide to Zurich with all the best hotels, bars, clubs, saunas, restaurants and things to do for gay trravelers

This post may contain affiliate links which means if you make a purchase through one of these links, we will receive a small commission. Read our disclosure for more info.

Fonte: nomadicboys.com

Deixe uma resposta